5 Dicas de Ouro para melhorar suas chamadas em vídeo

Por Bob Floriano
Publicado em 15/09/2020

De uma hora para outra todo mundo começou a fazer videoconferências.

Lives no Instagram, aulas online, reuniões com a turma da firma. Mesmo os mais tímidos viram-se obrigados a se posicionar em frente às câmeras. Para quem já tinha medo de falar em público, isso virou quase uma tortura.

De repente seu nariz virou uma batata, sua testa ficou grande e você descobriu uma papada que não estava ali.

Cabelo rebelde, olheiras, quantas coisas negativas você percebeu na sua aparência.

Calma, quase tudo na vida dá para melhorar! Respira fundo e vamos lá.

Estar online já não é questão de escolha ou “coisa para quem tem jeito”. Saber posicionar-se neste ambiente é essencial para negócios e para profissionais que querem entrar ou permanecer no mercado.

Detalhes como posição da câmera, postura e iluminação podem ser a diferença entre causar uma boa impressão ou ser um desastre para sua reputação.

Vamos lá?

1. Posicionamento da câmera

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

 

Você reparou quanta gente bonita ficou menos bonita de uma hora para outra? Vou contar um segredo: elas não ficaram piores, é só uma questão de ângulo.

Na maioria das vezes elas estão com a câmera mal posicionada, por isso fique atento:

  • De baixo para cima: você fica com o rosto mais cheio e com uma papada indesejável;
  • De cima para baixo: aparecem sombras, principalmente sob os olhos te deixando com aspecto cansado e envelhecido. Além disso você fica com testão, as entradas aumentam e as pessoas não conseguem ver seus olhos e a sua boca;
  • O correto: posicionar a câmera na altura dos olhos, simples assim. Se você usa o monitor do computador já está no jeito, mas se você usa um notebook, pode empilhar livros ou qualquer objeto que sirva de base para alinhar a câmera do seu notebook com a linha dos olhos.

Se você usa o celular para chamadas online, ao invés de deixá-lo sobre a mesa apoiado em alguma coisa (o que te deixará com uma super papada e mostrará as suas fossas nasais) use um tripé, é baratinho e super útil para posicionar a câmera na altura dos seu olhos, além de não tremer.

2. Iluminação

Sabe os truques que você usa na hora de tirar uma selfie? No vídeo é a mesma coisa:

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

 

  • Não se posicione contra a luz, isso fará que seu rosto escureça e as pessoas não te enxergarão direito, por isso nada de sentar de costas para uma janela ou luminária;
  • Mantenha o ambiente claro, se for preciso acenda as luzes, abra as cortinas ou use um ring light de mesa. Este anel de luz tem um formato circular e gera uma iluminação uniforme eliminando sombras e melhorando o aspecto geral do seu rosto. Para alguns parece bobagem, mas causa uma ótima impressão em quem está te vendo, vale o investimento (dá uma googlada e você encontrará de vários preços).

3. Cenário

No começo da pandemia vimos cenas bizarras acontecendo, o que muitas vezes foi até engraçado, mas tem um detalhe que pode te prejudicar: a impressão que você causa nas pessoas.

Um fundo bagunçado, cheio de livros empilhados e papéis espalhados mostram desorganização e desleixo, ninguém quer causar esta impressão, certo?

Se você não tem aquelas estantes de livros incríveis dos jornalistas da GloboNews, não precisa se preocupar. Na minha humilde opinião, você não precisa encher seu fundo de livros que você nunca leu para parecer mais inteligente (até porque quem precisa parecer geralmente não é) e o pessoal da firma, que te conhece muito bem, vai sacar na hora que é fake.

Se você não quer seu nome rolando nas mensagens inbox – o que pode chegar até àquela pessoa que poderia te dar uma promoção – seja autêntico.

Uma dica? Você pode colocar livros que traduzam quem você realmente é, os assuntos que te interessam e conteúdos que você realmente conhece.

Quando vejo a estante de livro do Guga Chacra, comentarista internacional em telejornais da GloboNews, fico impressionado pelo seu conhecimento em política e questões relacionadas ao Oriente Médio. Chego a ficar emocionado porque o que vejo ali não é somente conhecimento, é paixão e dedicação, é honrar suas raízes e antepassados.

Quando comentava sobre a terrível explosão na zona portuária de Beirute o jornalista, que é descendente de libaneses, se emocionou ao dar uma verdadeira aula sobre os atentados sofridos e panorama geral da política e economia no Líbano, o seu Líbano, como comentou o jornalista Heraldo Pereira, apresentador do “Jornal das Dez” no canal.

Note que Guga tem coerência entre o que expõe na sua estante e o que fala e sente.

Percebeu o quão impactante pode ser a impressão que uma estante de livros pode causar em quem está te assistindo? Para reforçar: seja verdadeiro, o mundo já está cheio de especialistas de palco (ou nesse caso, especialistas de live).

Não tem estante e nem livro para colocar? Seja organizado e limpe a bagunça por trás de você.

Não tem um cenário bacana para aparecer ao fundo? Posicione-se em frente a uma parede com um quadro que tenha seu estilo. Não tem quadro em casa? Posicione-se em frente a uma parede limpa, simples assim.

Se escolher usar um aplicativo para simulação de fundo (o Zoom tem essa opção e você pode inserir outras imagens) teste antes e não se esqueça de escolher um tema que tenha a ver e com sua personalidade e trabalho.

4. Barulho ao fundo

Uma videoconferência com cachorro latindo e um vizinho em obras pode desconcentrar todos os participantes, por isso feche janelas, isole-se em um cômodo, peça a cooperação de todos.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

 

Use um fone de ouvido com o microfone no fio para evitar a reverberação do som no ambiente pois o microfone estará mais perto da sua boca e o áudio que você estará escutando não ecoará na sala. Além disso, o som do microfone do seu notebook pode ser baixo e as pessoas não te ouvirão direito, além de elas escutarem ruídos indesejados, como o barulho da sua digitação.

Tem um aplicativo bem bacana da NVIDIA que o Tony Ventura, especialista em tecnologia, indica para cancelar ruídos de fundo. E o melhor: é de graça. Pode ter uma criança berrando do seu lado que ele só capta a sua voz. Fantástico, não é mesmo?

5. Teste antes

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

 

Pegue todas as dicas que eu dei anteriormente e teste antes do seu evento. Você tem tempo para verificar todos os pontos citados e corrigir o que não está legal. Estas são dicas práticas e eficientes.

Gostou deste artigo? Visite Bob Floriano no LinkedIn.

 

Por

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry.

Links Rápidos

Avenida Bias Fortes, 135, sala 305, Centro, Barbacena – MG
(32) 3051-4040
(32) 9 8490-1561
vendas@atitudeempresarial.com.br